Direitos da Natureza frente ao ecocídio, em debate no Cepat

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Só um radical ecossocialismo democrático pode mudar o horizonte

    LER MAIS
  • Byung-Chul Han: smartphone e o “inferno dos iguais”

    LER MAIS
  • Extrema-direita no Brasil já não precisa de Bolsonaro para se mobilizar, revela pesquisa

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Julho 2021

 

Direitos da Natureza frente ao ecocídio é o tema do sexto encontro pela série de debates [online] Crise sistêmicacomplexidade e desafios planetários, que ocorrerá no dia 18/09 (sábado), às 10h, e terá como debatedor Ivo Poletto (Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental).

Você poderá acompanhar o debate pelos seguintes canais:

- Página no Facebook do CEPAT;
- Canal no Youtube do CEPAT;
- Sítio do Instituto Humanitas Unisinos – IHU.

Certificação

Por meio de uma parceria com o Projeto Diversitas Eventos, do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Maringá - UEM, ofereceremos a certificação aos interessados. Para se inscrever, basta preencher o formulário clicando nesse link.

Parceiros

Para esta iniciativa, o CEPAT conta com a parceria e o apoio das seguintes instituições:

Instituto Humanitas Unisinos – IHU;
Departamento de Ciências Sociais, da UEM;
Núcleo de Direitos Humanos da PUCPR;
Conselho Nacional do Laicato do Brasil – CNLB;
Comunidades de Vida Cristã – CVXRegional Sul;
Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida – OLMA;

Conheça o debatedor

Ivo Poletto é filósofo e cientista social. Atualmente é assessor nacional no Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental, que articula movimentos, entidades e pastorais sociais em torno da defesa dos direitos sociais da população afetada pelas mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global. Entre 1975 e 1992, foi 1º secretário executivo e assessor nacional da Comissão Pastoral da Terra; de 1993 a 2002, foi assessor da Cáritas Brasileira; em 2003 e 2004, foi membro da Equipe de Mobilização Social do Programa Fome Zero, do governo federal – sobre esse período, escreveu o livro Brasil: oportunidades perdidasMeus dois anos no Governo Lula (Editora Garamond, 2005).

Confira o cartaz

Confira a programação completa da série

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Direitos da Natureza frente ao ecocídio, em debate no Cepat - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV