3º domingo do tempo comum – Ano B – Um convite a renovar a fé e o seguimento

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • É preciso um lockdown nacional. Com urgência

    LER MAIS
  • O rosto feminino de Deus. Uma leitura do Salmo 22. Artigo de Lidia Maggi

    LER MAIS
  • O lugar da universidade brasileira. Palestra de Marilena Chaui

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: MpvM | 22 Janeiro 2021

“O Evangelho mostra ainda o convite de Jesus aos primeiros apóstolos: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens e mulheres”. Este convite é sempre atual e é repetido a cada uma de nós: “Vem e segue-me. Seja minha testemunha”. (...)

“Este Evangelho é um convite a isso: renovar nossa vida de fé e seguimento, nossa intimidade com Deus e voltar o nosso olhar e a nossa mão às irmãs e irmãos que esperam e precisam da nossa ajuda.”

Leituras do Dia:
1ª Leitura - Jn 3,1-5.10
Salmo - Sl 24,4ab-5ab.6-7bc.8-9 (R. 4a.5a)
2ª Leitura - 1Cor 7,29-31
Evangelho - Mc 1,14-20

Estamos no 3º domingo do Tempo Comum. A chave de leitura da liturgia deste dia 24 de janeiro é esta: o chamado à pregação da Palavra de Deus, a aceitação do convite, o início da missão, e os frutos dessa ação.

A primeira leitura (Jn 3,1-5.10) traz um case de sucesso. Ela mostra o processo de chamado de Deus, a aceitação da vocação do profeta e o êxito da missão que é a salvação dos habitantes de Nínive.

A segunda leitura(1Cor 7,29-31) fala que nosso tempo é curto, não podemos deixar para depois a resposta ao chamado de Deus, temos que agir hoje, viver a nossa vocação de discípulas e discípulos no momento presente.

Já o Salmo 24 retrata a resposta em forma de oração em que Davi aceita a vontade de Deus na sua vida, ainda que tardiamente, ainda que tenha tido deslizes e rebeldias na juventude, ele chega ao reconhecimento de que os planos de Deus são muito melhores do que os dele. Que possamos fazer deste salmo a nossa oração e resposta a Deus de que aceitamos a sua vontade na nossa vida e nos comprometemos em realizar a missão que ele nos confiou. Jesus nos dá mais uma oportunidade, hoje, agora, de o encontrar.

O Evangelho (Mc 1,14-20) deste domingo (Mc 1, 14-20) fala sobre o início do ministério de Jesus, de sua pregação e vida pública: “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no Evangelho”. Jesus anuncia o Reino, que é Ele mesmo, e convida a conversão para sermos dignos de entrar no Reino dos Céus e sermos suas testemunhas aqui na Terra.

O Evangelho mostra ainda o convite de Jesus aos primeiros apóstolos: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens e mulheres”. Este convite é sempre atual e é repetido a cada uma de nós: “Vem e segue-me. Seja minha testemunha”.

Os apóstolos deixam as redes, seus bens, o aconchego familiar e a segurança de suas casas para seguir Jesus. O seguimento exige uma atitude consciente de despojamento, entrega e abandono em Deus, isto é, uma fé viva, madura e provada. Em diversos momentos, como o que estamos passando agora, nossa fé é provada e só passamos no teste se estivermos firmes sobre a rocha de um relacionamento com Deus alimentado pelo encontro e pela experiência. Somente o encontro com Deus nos faz sair da zona de conforto, tira o nosso olhar do nosso próprio umbigo e volta o nosso olhar às outras pessoas que sofrem e precisam da nossa ajuda.

Este Evangelho é um convite a isso: renovar nossa vida de fé e seguimento, nossa intimidade com Deus e voltar o nosso olhar e a nossa mão às irmãs e irmãos que esperam e precisam da nossa ajuda.

Ainda neste domingo, fazemos memória a São Francisco de Sales, patrono dos salesianos e padroeiro dos jornalistas e escritores. Sempre no dia de São Francisco de Sales, o Papa já publica, no site do Vaticano, a Mensagem para o Dia Mundial das Comunicações, que será celebrado no Domingo da Ascensão do Senhor. Podemos perceber que o Evangelho deste domingo tem tudo a ver com o tema da mensagem deste ano: “Vinde ver" (Jo 1, 46). Comunicar encontrando as pessoas como e onde estão”. Este é um tema super pertinente para o que estamos vivendo, tempos digitais e de pandemia.

Podemos dividir este tema em três tópicos:

Primeiro – “Vinde ver”: fala da importância de fazer a experiência do encontro com Deus. Não basta ouvir, dizer, ler a respeito, nossa fé é sustentada por experiências de encontro. Somente cultivando nossa relação com Deus com encontros periódicos é que somos capazes de viver e testemunhar a fé e o amor a Jesus.

Segundo – “Comunicar encontrando”: A verdadeira comunicação não é uma simples transmissão de conteúdo, mas um diálogo recíproco que só pode acontecer num encontro autêntico.

Terceiro – “as pessoas como e onde estão”: Qualquer que seja a situação em que as pessoas se encontrem, todos são chamados a esse diálogo fecundo que transforma a vida. Assim como Deus caminhou com seu povo no deserto, como é relatado no Antigo Testamento (Ex 13, 21-22), Deus está conosco em nossa casa, em nossas redes sociais, onde quer que estejamos. Se somos impossibilitados de ir à Igreja, Deus encontra outras formas de se fazer presente, por exemplo, através de nós no ambiente digital.

Assim, o Papa atualiza o convite de Jesus para que evangelizemos por todos os meios e linguagens disponíveis, em toda circunstância e em qualquer lugar que o ser humano habite. Como diria São Paulo (2 Tm 4, 2), proclamar a Palavra oportuna e inoportunamente, isto é, sempre, seja com palavras, seja com a vida.

Vamos guardar no nosso coração estas palavras centrais da meditação de hoje:

Encontro, experiência, convite, resposta e ação.

E peçamos a intercessão de São Francisco de Sales, padroeiro dos comunicadores, para esta grande missão que Deus nos confiou: comunicar e viver a sua Palavra.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

3º domingo do tempo comum – Ano B – Um convite a renovar a fé e o seguimento - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV