Ser eremita. Thomas Merton na oração inter-religiosa desta semana

Foto: Pixabay

20 Novembro 2020

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Ser eremita

Venho à solidão
para ouvir a palavra de Deus,
para manter-me na expectativa
de uma realização cristã,
para compreender a mim mesmo
em relação a uma comunidade
que duvida de si e se questiona,
e da qual tanto faço parte.
Não venho à solidão para
atingir os ´píncaros da contemplação`,
mas para descobrir penosamente,
para mim mesmo e para meus irmãos,
a verdadeira dimensão escatológica
de nosso chamado.

Fonte: Thomas Merton. Merton na intimidade. Sua vida em seus diários. Rio de Janeiro: Fisus, 2001, p. 299.


Thomas Merton | Foto: cbs.org

Thomas Merton (1915-1968): Monge trapista, místico, artista plástico, defensor do diálogo inter-religioso e importante escritor, com mais 70 livros publicados sobre espiritualidade, dos quais 40 estão em português, entre eles, “A montanha dos sete patamares” (Editora Vozes, 2005). Manteve contato com líderes espirituais e intelectuais, e foi principalmente ligado ao Budismo e às questões políticas. Tornou-se “inabalável” na sua busca constante por Deus, fato retratado pelas orações que escrevia. Em 10 de dezembro de 2018 faz-se memória aos 50 anos da morte de Merton. 

 

Leia mais

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV