Cisjordânia. Pietro Parolin se reuniu com embaixadores dos EUA e Israel para expressar as preocupações da Santa Sé sobre ações unilaterais

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “A pandemia demonstrou as consequências de 40 anos de neoliberalismo”, avalia Joseph Stiglitz

    LER MAIS
  • O ataque ao Capitólio e a tentativa de golpe contra o Papa Francisco. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Carta ao Povo Brasileiro: por vacina para todos, retorno do auxílio emergencial, mais recursos para o SUS e Fora Bolsonaro

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Julho 2020

O Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado, se reúne com os Embaixadores dos Estados Unidos da América e do Estado de Israel para expressar a preocupação da Santa Sé sobre possíveis ações unilaterais.

A informação é da Sala de Imprensa da Santa Sé, 30-06-2020. A tradução é de Luisa Rabolini.

Na terça-feira, 30 de junho, 2020, Sua Eminência o cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado, se reuniu com os Embaixadores dos Estados Unidos da América e do Estado de Israel para expressar a preocupação da Santa Sé sobre possíveis ações unilaterais que poderiam comprometer ainda mais a busca de paz entre Israelenses e Palestinos e a delicada situação no Oriente Médio.

Foto: Deutsche Welle

Como já declarado em 20 de novembro de 2019 e 20 de maio de 2020, a Santa Sé reitera que o Estado de Israel e o Estado da Palestina têm o direito de existir e viver em paz e segurança, dentro de fronteiras internacionalmente reconhecidas. Portanto, faz um apelo às Partes que procurem reabrir o caminho da negociação direta, com base nas relevantes resoluções das Nações Unidas, facilitada por medidas que sirvam para restabelecer a confiança mútua e tenham "a coragem de dizer sim ao encontro e não ao confronto; sim ao diálogo e não à violência; sim à negociação e não às hostilidades; sim ao respeito dos acordos e não às provocações; sim à sinceridade e não à ambiguidade" (Papa Francisco, Invocação pela paz na Terra Santa, Jardins do Vaticano, 8 de junho de 2014).

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cisjordânia. Pietro Parolin se reuniu com embaixadores dos EUA e Israel para expressar as preocupações da Santa Sé sobre ações unilaterais - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV