Mujica diz que a Venezuela é uma ditadura

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que muda (para pior) no financiamento do SUS

    LER MAIS
  • Ou isto, ou aquilo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia aumenta 212% em outubro deste ano, aponta Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

31 Julho 2019

“É uma ditadura, sim”, disse o ex-presidente uruguaio, José Mujica a um jornalista de uma rádio local, depois de lhe perguntarem se o governo da Venezuela poderia ser assim classificado.

A informação é publicada por Il Sismografo, 30-07-2019. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

Com sua declaração de sábado, o ex-mandatário (2010-2015) e um dos principais referentes da esquerda uruguaio desencadeou uma tormenta política. Até o momento, o atual governo uruguaio sustentou que classificar como “ditadura” o atual regime de Nicolás Maduro não ajudava a buscar uma saída negociada à crise venezuelana, que era o objetivo do atual presidente Tabaré Vázquez.

Ainda que meia centena de países tenham dado seu apoio público à oposição venezuelana – o autoproclamado presidente interino Juan Guaidó –, os governos de Uruguai e México insistiram em manter uma postura neutra frente à situação.

Em meio da campanha eleitoral rumo às eleições presidenciais e legislativas de outubro no Uruguai, as principais referências da coalizão de esquerda Frente Ampla tinham evitado definir o regime de Maduro como ditadura. No entanto, os ditos de Mujica foram como um dique que se rompe.

Um dia depois das declarações do ex-presidente, o candidato presidencial da Frente Ampla, o ex-prefeito de Montevidéu, Daniel Martínez – que já havia sido crítico do governo venezuelano, mas negava classificá-lo como ditadura – escreveu em sua conta no Twitter: “O relatório de Bachelet é lapidário a respeito da Venezuela e se trata de uma ditadura. É preciso seguir trabalhando em uma saída negociada e que o centro sejam os venezuelanos”.

A oposição, enquanto isso, reiterou que não condenar o regime de Maduro mostra a falta de convicções democráticas da Frente Ampla.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mujica diz que a Venezuela é uma ditadura - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV