Como funciona o sistema de pontos que a China quer implementar

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Como a ciência defende a floresta. Entrevista com Carlos Afonso Nobre

    LER MAIS
  • Santa Irmã Dulce, a ''Madre Teresa brasileira''. Bolsonaro ausente

    LER MAIS
  • Aos 15 anos da morte do filósofo francês Jacques Derrida, o último subversivo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

21 Maio 2019

Sistema deve reunir dados sobre comportamento, saúde, finanças e acesso à mídia. Uma pontuação ruim pode ter consequências.

A reportagem é de Sarah Schommer, publicada por Deutsche Welle, 20-05-2019.

Até 2020 a China quer implementar um sistema de pontos para avaliar a população. Além de serem monitorados nas ruas, outros dados dos chineses também vão ser recolhidos. A ideia é dar compensações para quem tiver um bom comportamento e punir quem não tiver uma pontuação alta. O sistema recolhe dados de saúde, comportamento, finanças e acesso à mídia. Veja no vídeo do Futurando

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Como funciona o sistema de pontos que a China quer implementar - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV