São Paulo. Rede municipal perdeu 10% dos médicos em cinco anos

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Governo autoriza 42 novos agrotóxicos e somando 239 registros no ano

    LER MAIS
  • A justiça social é mais importante para evitar doenças mentais do que medicamentos, afirma relator de saúde da ONU

    LER MAIS
  • A Igreja é contra a Reforma da Previdência

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Janeiro 2019

O jornal Agora obteve pela Lei de Acesso à Informação dados da secretaria municipal de Saúde de São Paulo que mostram que, em cinco anos, a rede perdeu 10% de seus médicos. Em setembro de 2013, eram 13.974 profissionais. No mesmo mês do ano passado, 12.555. Dá quase um médico a menos por dia. Separando os profissionais contratados diretamente daqueles que atendem via Organizações Sociais (OSs), a queda é ainda maior entre os primeiros: eram 6.652 em 2013, contra 4.842 em 2018 – 27% a menos.

A informação é publicada por Outra Saúde, 11-01-2018.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

São Paulo. Rede municipal perdeu 10% dos médicos em cinco anos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV