Os Padres Sinodais propõem um Pontifício Conselho para os jovens e a realização de um Sínodo sobre as mulheres

Revista ihu on-line

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Mais Lidos

  • Desigualdade bate recorde no Brasil, mostra estudo da FGV

    LER MAIS
  • Livro analisa os teólogos, a virada ecumênica e o compromisso bíblico do Vaticano II

    LER MAIS
  • Adaptando-se a uma ''Igreja global'': um novo comentário internacional sobre o Vaticano II. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

20 Outubro 2018

Um Pontifício Conselho para os jovens e a realização de um Sínodo para abordar o papel das mulheres na Igreja: estas são algumas das propostas levantadas nas últimas horas no Sínodo dos Bispos, como confirmou Paolo Ruffini no briefing do meio-dia desta quinta-feira.

A reportagem é publicada por Religión Digital, 18-10-2018. A tradução é de André Langer.

O presidente do dicastério vaticano para a comunicação destacou que o Sínodo terá uma “carta dirigida aos jovens de todo o mundo”, além do tradicional documento final.

Assim, Ruffini confirmou que a proposta de alguns padres sinodais de criar um documento especial para os jovens foi aceita pelo Papa Francisco, que instituiu uma comissão especial de oito membros para a elaboração do texto, que, depois, será levado à Aula.

A comissão será composta por quatro padres sinodais, o cardeal centro-africano Dieudonné Nzapalaing, o bispo francês Emmanuel Gobilliard, o arcebispo australiano Anthony Fisher e o bispo argentino Horacio García. Além disso, farão parte dois jovens auditores – Briana Santiago e Anastasia Indrawan –, o convidado Irmão Alois e o reverendo Michele Falabretti.

Enquanto isso, os círculos menores se reunirão hoje e amanhã antes de iniciar, na próxima semana, a redação, análise e aprovação em vista do documento final que será votado na Aula no sábado, 27 de outubro.

Durante o briefing, Ruffini informou que o Sínodo “destacou o papel das mulheres, condenando qualquer forma de machismo”, ao mesmo tempo que “se falou de justiça social, e foi sugerida a criação de um Conselho Pontifício para os jovens e a realização de um Sínodo sobre as mulheres”.

A irmã Alessandra Smerilli, por sua vez, sublinhou que “sonho com uma Igreja profética que saiba escutar o grito dos pobres e da criação para eliminar as desigualdades”.

“Temos que ser coerentes nesta questão, como pede o Papa Francisco em sua encíclica Laudato Si”, frisou a religiosa.

O padre Alexandre Awi Mello ressaltou que “o Sínodo é um processo participativo sem precedentes. Ouvir e acompanhar são as palavras-chave a partir das quais nascerão os novos rumos da pastoral juvenil”.

Em relação a um dos temas principais do encontro, a pastoral com as pessoas homossexuais, dom Matteo Zuppi enfatizou que “a pastoral para as pessoas homossexuais é uma questão importante, em torno da qual existem diversas sensibilidades e diferentes situações, dependendo da área geográfica. É uma questão pastoral e não ideológica”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Os Padres Sinodais propõem um Pontifício Conselho para os jovens e a realização de um Sínodo sobre as mulheres - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV