Caetano Veloso na oração inter-religiosa desta semana

Revista ihu on-line

Base Nacional Comum Curricular – O futuro da educação brasileira

Edição: 516

Leia mais

Renúncia suprema. O suicídio em debate

Edição: 515

Leia mais

Lutero e a Reforma – 500 anos depois. Um debate

Edição: 514

Leia mais

Mais Lidos

  • “O grande erro da esquerda é pensar que movimentos sociais são sempre bons", afirma Manuel Castells

    LER MAIS
  • Um milhão de crianças fora da escola: o absurdo do trabalho infantil no Brasil

    LER MAIS
  • Discurso da esquerda não dá a Lula a menor chance de fazer bom governo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Outubro 2017

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora - MG.


Ofertório

(Obra de Pulika | Arquivo pessoal)

Tudo o que por Ti vi florescer de mim
Senhor da Vida
Toda essa alegria que espalhei e que senti
Trago hoje aqui
Todos estes frutos que aqui juntos vês
Senhor da Vida
Eu em cada um deles e em mim todos os Teus fiéis
Ponho a Teus pés
Consentiste que minha pessoa
Fosse da Esperança um Teu sinal
Uma prova de que a vida é boa
E de que a beleza vence o mal
Tudo o que se foi de mim mas não perdi
Senhor da Vida
Os que já chorei e os que ainda estão por vir
Oferto a Ti

Fonte: Caetano Veloso

Caetano Veloso | Foto: Jazz Fest Wien Team / Flickr-CC

Caetano Emanuel Vianna Telles Veloso ou Caetano Veloso (1942): É um cantor, compositor, escritor e produtor musical nascido no recôncavo baiano. Ícone da música brasileira, Caetano mudou-se para o Rio de Janeiro em 1965, ano em que gravou seus primeiros "singles", "Cavaleiro" e "Samba Em Paz". Em 1967 lançou seu primeiro LP, Domingo, junto com Gal Costa. Foi um dos artistas que liderou o movimento Tropicalista no Brasil, em especial quando cantou a canção-manifesto "Tropicália". Em 1968 o cantor grava seu primeiro LP solo, Caetano Veloso, e também o LP coletivo, Tropicália ou Panis Et Circensis, com Gilberto Gil, Gal Costa e Tom Zé . No ano seguinte é preso pela ditadura civil-militar, e depois de ser solto, ele e Gilberto Gil exilam-se na Inglaterra, acompanhados de suas esposas, onde ficam por três anos; o disco Transa (1972) marca seu retorno ao Brasil.  Desde então, Caetano não parou de compor, produzir e cantar. Com mais de 40 álbuns publicados, é visto como um dos artistas mais influentes do país, uma das personalidades mais notáveis da Música Popular Brasileira - MPB e um dos maiores compositores do século XX. A revista Rolling Stone o elegeu como o oitavo melhor cantor brasileiro de todos os tempos e o quarto maior artista nacional pelo conjunto de sua obra. Seu mais recente CD e DVD, Abraçaço, foi lançado em 2014. 

Ouça a canção Ofertório, na interpretação de Maria Bethânia:

   

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Caetano Veloso na oração inter-religiosa desta semana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV