Bispos da América Latina terão curso para tratar da pedofilia

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Vandana Shiva: “Temos de destruir o mito de que a tecnologia é uma religião que não pode ser questionada”

    LER MAIS
  • III Jornada Mundial dos Pobres: o papa almoçará com 1500 convidados

    LER MAIS
  • “Em um Brasil deserto de lideranças, Lula vai fazer a festa”, afirma o cientista político Jairo Nicolau

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

01 Fevereiro 2017

Os bispos da América Latina terão um curso antipedofilia. O curso acontecerá em Bogotá, Colômbia, entre os dias 03 e 05 de fevereiro.

A reportagem é publicada por Tierras de América, 29-01-2017. A tradução é de André Langer.

A tolerância zero contra os abusos no âmbito eclesial, entendendo como tais aqueles que se consumam dentro de igrejas, capelas, institutos religiosos e escolas católicas, foi adotada – embora com graus diversos de severidade e de acordo com as regiões geográficas – por todos os episcopados da América Latina.

Os casos de abusos cujos autores são sacerdotes diminuíram drasticamente em relação com o passado, inclusive recente. Mas não desapareceram, como demonstram casos recentes registrados na Argentina, Chile, El Salvador, Paraguai e México.

Essa é uma das razões pelas quais o Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) decidiu trabalhar sobre o “protocolo” a ser seguido no caso de denúncias de comportamentos sexualmente vexatórios contra menores que envolvem o clero.

O curso acontecerá em Bogotá, onde se encontra a sede central do CELAM, de 03 a 05 de fevereiro, antes do início dos trabalhos da Assembleia Plenária do episcopado já planejados. Nos três dias de aulas – diz o sítio do organismo eclesial continental – será abordado o tema de como lidar com os casos de abusos sexuais de menores.

O curso estará a cargo do padre Jordi Bertomeu, da Congregação para a Doutrina da Fé, enviado por Roma “para instruir aos bispos latino-americanos sobre a tarefa da Igreja na proteção dos menores”.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bispos da América Latina terão curso para tratar da pedofilia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV