O C9 e o Papa analisam a seleção dos bispos e o papel dos núncios

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O Papa doa aos pobres um prédio de luxo a poucos passos de São Pedro

    LER MAIS
  • Arautos do Evangelho. Vaticano retoma a intervenção

    LER MAIS
  • “Infelizmente, a história da escravidão é contada por pessoas brancas”. Entrevista com Laurentino Gomes

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 14 Abril 2016

O Conselho dos Cardeais reflete sobre as Congregações para o Culto Divino, para a Vida Religiosa, para as Causas dos Santos e para a Doutrina da Fé.

A reportagem é publicada por Vatican Insider, 13-04-2016. A tradução é de André Langer.

A seleção dos bispos e o papel dos núncios apostólicos são os temas analisados pelo Papa e seu conselho de nove cardeais, o chamado C9, que o ajuda não apenas na reforma da cúria, mas também no governo da Igreja universal. A 14ª reunião deste organismo aconteceu entre a segunda-feira e a quarta-feira passada, e prosseguiu com o projeto de atualização dos diferentes dicastérios vaticanos.

Durante a reunião “tratou-se sobre os critérios para reunir informações para a nomeação de novos bispos, à luz de sua identidade e missão pastoral”, disse o porta-voz vaticano, o Pe. Federico Lombardi. Quando se faz uma consulta para identificar um novo bispo, explicou o jesuíta, as pessoas consultadas recebem “um questionário, um modelo, para expressar as próprias reflexões ou avaliações ou conselhos”.

Agora, trata-se de “atualizar” estes pedidos para “desenvolver as reflexões em uma direção específica”, ou aprofundar uma determinada “realidade cultural”, ou verificar a “experiência pastoral”, ou o “bom caráter” do candidato, indicou a modo de exemplo Lombardi. Também destacou que o objetivo é sempre melhorar a “busca de informações à luz do perfil ideal do bom pastor”.

Em segundo lugar, o Papa e os cardeais conselheiros refletiram sobre “o significado e o papel dos núncios”, sobre suas tarefas e sua “figura”, mas não se prevê nenhuma mudança na “maneira de ser dos núncios”.

Durante esta 14ª reunião do C9, o Papa, como de costume, participou todos os dias, menos na quarta-feira de manhã, devido à audiência geral. Estavam presentes todos os membros do conselho menos o cardeal indiano Oswald Gracias, que não pôde participar devido a problemas de saúde. Grande parte do trabalho, recordou Lombardi, esteve dedicado às novas considerações sobre diferentes dicastérios da cúria, sobre os quais já se havia refletido em reuniões anteriores, em vista de uma nova Constituição Apostólica.

As Congregações sob análise são as do Culto Divino, da Vida Consagrada, das Causas dos Santos e da Doutrina da Fé. Os textos sobre a proposta do Papa para criar novos dicastérios (um para os Leigos, a Família e a Vida e outro sobre a Justiça, Paz e Migrações, ao qual também estarão integrados a Caridade e a Pastoral da Saúde) já estão prontos, mas foram lidos mais uma vez, e a proposta será apresentada ao Papa.

Durante a reunião, o cardeal George Pell, prefeito da Secretaria para a Economia, e o cardeal Sean O’Malley, presidente da Pontifícia Comissão para a Proteção dos Menores, informaram ao “C9 e ao Papa sobre as atividades de seus respectivos organismos”.

Na quarta-feira, para concluir a reunião, o conselho dos cardeais “trabalhou reunindo, ordenando e integrando as diferentes contribuições que apareceram até o momento nas reuniões, para começar a estruturar a proposta em conjunto que será entregue ao Papa, por parte do próprio Conselho, em vista da nova Constituição Apostólica”, que substituirá, mas não antes do final deste ano, a Constituição Apostólica Pastor Bonus, em vigor.

As próximas reuniões serão nos dias 06 a 08 de junho, 12 a 14 de setembro e 12 a 14 de dezembro.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O C9 e o Papa analisam a seleção dos bispos e o papel dos núncios - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV