Roma cria Ordinariato Pessoal para os anglicanos, dirigido por padre casado

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Do samba ao funk, o Brasil que reprime manifestações culturais de origem negra e periférica

    LER MAIS
  • ASA 20 Anos: Água potável é vida e bênção para a infância do Semiárido

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Janeiro 2011

A Santa Sé criou neste sábado um Ordinariato Pessoal no território da Inglaterra e do País de Gales para os grupos de pastores e fiéis anglicanos que manifestaram seu desejo de entrar em "plena e visível" comunhão com a Igreja Católica, segundo informou o Vaticano em um comunicado.

A reportagem é da agência Efe, 15-01-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Essa nova estrutura, chamada Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham, terá como responsável o reverendo Keith Newton (Liverpool, 1952), casado, com três filhos,  e que, junto com sua mulher, foi acolhido em comunhão pelo catolicismo na Catedral de Westminster no dia 1º de janeiro passado.

"Um Ordinariato Pessoal é uma estrutura canônica que permite uma reunião em forma corporativa, que permite aos que eram anglicanos entrar em plena comunhão com a Igreja Católica, conservando os elementos de seu característico patrimônio anglicano", afirma o comunicado da Santa Sé.

Tal estrutura pretende "compor, de um lado, a tentativa de salvaguardar, dentro da Igreja Católica, as veneráveis tradições litúrgicas, espirituais e pastorais anglicanas e, por outro, o fato de que esses novos grupos e seus respectivos pastores sejam plenamente integrados na Igreja Católica", continua.

A criação desse Ordinariato Pessoal foi formalizado neste sábado pela Congregação para a Doutrina da Fé da Santa Sé, com base na Constituição Apostólica (norma de nível máximo) Anglicanorum coetibus de novembro de 2009 e depois de uma consulta com a Conferência dos Bispos da Inglaterra e do País de Gales.

A Constituição Apostólica Anglicanorum coetibus foi aprovada pela Santa Sé para acolher os fiéis tradicionalistas anglicanos contrários a medidas muito liberais da Comunhão Anglicana, como a ordenação de mulheres e de homossexuais como bispos.

"Por razões doutrinais, a Igreja não admite em nenhum caso a ordenação episcopal de homens casados. No entanto, a Constituição Apostólica prevê, sob certas condições, a orodenação como sacerdotes católicos de ministros anglicanos já casados", explica o comunicado.

Neste mesmo sábado, na Catedral católica de Westminster, em Londres, o arcebispo de Westminster, Vincent Nichols, ordenou sacerdotes três bispos anglicanos: Andrew Burnham, John Broadhurst e o próprio Newton, bispo anglicano desde março de 2002.

Esses três novos sacerdotes católicos irão se encarregar da preparação dos primeiros grupos de anglicanos da Inglaterra e do País de Gales que, na Páscoa, serão acolhidos pela Igreja Católica, assim como do acompanhamento dos ministros religiosos que estão se preparando para ser ordenados no sacerdócio católico perto de Pentecostes.

Esse novo Ordinariato Pessoal é, segundo a Santa Sé, "coerente" com seu compromisso de diálogo ecumênico, o que continua sendo uma prioridade para uma Igreja Católica que estima em cercas de meio milhão o número de anglicanos que pretendem passar para a sua doutrina.

Entre 30 e 50 bispos e uma centena de paróquias mostraram seu desejo de entrar para a Igreja de Roma, que abandonaram em 1534, quando o rei da Inglaterra e senhor da Irlanda Henrique VIII (1491-1547) não obteve do Papa Clemente VII (1478-1534) a anulação do seu casamento com Catarina de Aragão e criou a Igreja da Inglaterra, da qual se proclamou chefe.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Roma cria Ordinariato Pessoal para os anglicanos, dirigido por padre casado - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV