O trans-humanismo e a superação de nossa biologia para (talvez) nos tornar imortais

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • “Sínodo é até o limite. Inclui a todos: Os pobres, os mendigos, os jovens toxicodependentes, todos esses que a sociedade descarta, fazem parte do Sínodo”, diz o Papa Francisco

    LER MAIS
  • Por que a extrema direita elegeu Paulo Freire seu inimigo

    LER MAIS
  • Ainda há espaço para a missão do padre? Artigo de Giannino Piana

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


26 Outubro 2018

Que relação o trans-humanismo possui com a religião, a ciência e a tecnologia? Quais são as teses fundamentais do trans-humanismo e que desafios apresenta? Estas perguntas serão abordadas durante o Congresso Internacional Trans-humanismo. Desafios antropológicos, éticos, jurídicos e teológicos, que acontecerá nos dias 29, 30 e 31 de maio de 2019, na Universidade Pontifícia Comillas.

A informação é publicada por Religión Digital, 25-10-2018. A tradução é do Cepat.

O objetivo será analisar academicamente as teses fundamentais do trans-humanismo e os desafios que apresenta, tanto do ponto de vista científico, como antropológico, jurídico, ético e teológico, contanto para isso com grandes referências nestas matérias em nível internacional, como Julian Savulescu, o cardeal Gianfranco Ravasi, Adela Cortina, Anders Sandberg, Juan Arana...

O interesse pelo trans-humanismo aumenta pelo fato de que a ciência e a tecnologia dos últimos séculos modificaram nossas vidas em muitos sentidos. Conseguiram solucionar problemas que pareciam irresolúveis e também geraram novas formas de esperança que, com frequência, estão entre a realidade e a ficção.

Uma dessas novas formas de esperança e otimismo, e que além disso está gerando um grande impacto público e uma enorme quantidade de publicações em todo o mundo, é a corrente conhecida como Trans-humanismo. O termo faz referência ao trânsito da humanidade para um pós-humanismo, no qual o ser humano superará suas barreiras biológicas aproveitando o grande desenvolvimento das NBIC, sigla que faz referência à nanotecnologia, às ciências da vida, às tecnologias da informação e comunicação, e às ciências cognitivas. Nas versões mais otimistas, o resultado do trans-humanismo será a conquista da imortalidade.

O congresso será organizado pela Cátedra Ciência, Tecnologia e Religião da Universidade Pontifícia Comillas e a Fundação Tatiana Pérez de Guzmán el Bueno. Já está aberto o prazo tanto para a inscrição como para o envio de comunicações.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O trans-humanismo e a superação de nossa biologia para (talvez) nos tornar imortais - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV