México. Meio século do massacre de Tlatelolco

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • O fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt e a investigação do ex-Santo Ofício

    LER MAIS
  • Posicionamento do Movimento Schoenstatt frente às acusações de abuso do seu fundador

    LER MAIS
  • Por que o capitalismo pode sonhar e a esquerda não?

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


04 Outubro 2018

Foto: Página/12

Com a bandeira a meio mastro e homenagens que se encerraram ontem à tarde com uma marcha, o México comemorou o 50º aniversário da matança estudantil do dia 2 de outubro de 1968, na Praça das Três Culturas de Tlatelolco. Nesse dia e nesse lugar, morreram dezenas de jovens, nunca se soube o número exato, nas mãos de franco-atiradores vestidos de civil e que portavam uma luva branca na mão esquerda para se identificar. Na Praça Zócalo da capital mexicana foi preparado um cenário de recordação com roupa ensanguentada de vítimas.

A informação é publicada por Página/12, 03-10-2018. A tradução é do Cepat.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

México. Meio século do massacre de Tlatelolco - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV