Cardeal organiza diálogos acadêmicos sobre Amoris Laetitia nos EUA

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco propõe um sistema econômico mais justo e sustentável

    LER MAIS
  • Em busca da funda de Davi. Uma análise estratégica da conjuntura

    LER MAIS
  • Por que Tagle é o novo “herói papal” do Oriente

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

01 Março 2018

A Boston College, a Universidade de Notre Dame e a Universidade de Santa Clara sediaram seminários na semana passada sobre o tema "A nova dinâmica para a formação moral e a prática pastoral" à luz de Amoris Laetitia. As conferências, que se seguiram a uma conferência de dois dias sobre o mesmo tema em outubro passado na Boston College, realizaram-se em conjunto com o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. O professor da Boston College Pe James Keenan SJ e o cardeal de Chicago Blase Cupich foram os principais organizadores.

A informação é publicada por The Tablet, 28-02-2018. A tradução é de Luísa Flores Somavilla.

Cada sessão contou com a apresentação de teólogos e bispos sobre diferentes temas relacionados à exortação apostólica do Papa Francisco sobre a família e de uma equipe de teólogos, nos três locais, embora diferentes bispos tenham feito apresentações em cada sessão. Os bispos Robert McElroy e Steven Biegler deram palestras em Santa Clara, os cardeais Cupich e Joseph Tobin fizeram apresentações em Notre Dame; o arcebispo Wilton Gregory falou no evento da Boston College e o arcebispo Bernard Hebda leu um artigo preparado pelo Cardeal Donald Wuerl, que cancelou sua participação por causa de uma gripe.

Grande parte da discussão pública sobre Amoris Laetitia centrou-se estritamente no capítulo 8 do texto, que trata das uniões "irregulares", mas essas conferências destinaram-se a ampliar esse debate. "Tanto na conferência de outubro do ano passado como nessas três sessões, construímos em cima de uma abordagem adotada pelo [antigo arcebispo de Paris] cardeal Vingt-Trois no Institut Catholique", contou o cardeal Cupich. "Pareceu um bom modelo a seguir, e recrutamos teólogos que abordassem o documento na íntegra." Em 17 de outubro de 2016 o Institut Catholique realizou um dia de estudos sobre Amoris Laetitia, intitulado "Discernimento e a maturação da consciência".

"Se as pessoas vissem o que saiu dessas sessões, acho que ficariam admiradas com a diversidade do grupo", disse o Pe Keenan. Ele também comentou que a natureza dialógica das sessões foi algo de que especialmente os participantes gostaram muito. "Muitos bispos disseram: 'temos que dar um jeito de ter mais diálogos assim'", disse Keenan. Um total de 62 bispos participou dessas sessões sobre Amoris Laetitia.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cardeal organiza diálogos acadêmicos sobre Amoris Laetitia nos EUA - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV