Conselho dos Cardeais fala sobre descentralização da autoridade na Igreja

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispo brasileiro diz que ordenará mulheres ao diaconato se papa permitir

    LER MAIS
  • “A ética do cuidado é um contrapeso ao neoliberalismo”. Entrevista com Helen Kohlen

    LER MAIS
  • Príncipe Charles e Bolsonaro: as duas faces da “diplomacia” dos santos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

27 Abril 2017

O grupo de cardeais que assessora o Papa Francisco na reforma da burocracia vaticana falou, em seu mais recente encontro, sobre como descentralizar a autoridade na Igreja Católica e melhorar as relações entre o Vaticano e as conferências episcopais nacionais.

O Conselho dos Cardeais, composto por nove membros, reuniu-se entre os dias 24 e 26 de abril para debater sobre como o Vaticano pode “estar mais a serviço dos bispos locais”, segundo informou o porta-voz Greg Burke nesta quarta-feira.

A reportagem é de Joshua J. McElwec, publicada por National Catholic Reporter, 26-04-2017. A tradução é Isaque Gomes Correa.

Burke disse que o Conselho também deu continuidade ao trabalho de análise dos diversos departamentos que compõem a burocracia vaticana, conhecida como a Cúria Romana. Segundo ele, o grupo falou especificamente sobre a Congregação para a Evangelização dos Povos e o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.

Disse também que o cardeal-arcebispo Sean O’Malley, de Boston, único americano a participar do Conselho, atualizou os demais membros sobre o seu trabalho à frente da Pontifícia Comissão para a Tutela dos Menores.

O porta-voz disse que O’Malley informou o papa e os demais cardeais sobre a mais recente sessão plenária de sua Comissão, realizada em Roma no fim de março, e sobre o seu trabalho na organização de vários seminários de educação ao redor do mundo sobre como proteger os menores de sofrerem abusos.

Burke foi perguntado sobre se o Conselho dos Cardeais havia debatido a renúncia da Comissão para a Tutela dos Menores feita pela sobrevivente de abuso Marie Collins, que se desligou do grupo em 1º de março devido à frustração com uma relutância entre funcionários do Vaticano em cooperar como trabalho desenvolvido para a proteção das crianças.

O porta-voz disse que O’Malley discutiu a “importância de ter a voz e a contribuição das vítimas na Comissão”, mas “resta saber de que forma”.

Perguntado sobre como Francisco conduz os encontros com o grupo de cardeais, Burke falou que o pontífice age como “alguém que ouve e faz muitas perguntas”.

A próxima reunião do Conselho dos Cardeais está marcada para 12 a 14 de junho.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Conselho dos Cardeais fala sobre descentralização da autoridade na Igreja - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV