Crowdfunding para a beatificação dos monges de Tibhirine

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Nunca se viu no Brasil um governo tão abençoado pelas igrejas

    LER MAIS
  • Cardeal Hollerich “está aberto” ao sacerdócio das mulheres

    LER MAIS
  • "A REPAM é fazer conectar aquilo que é comum de todos". Entrevista com João Gutemberg Sampaio, novo secretário executivo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


25 Abril 2017

O postulador lança uma coleta de fundos em uma das maiores plataformas online: “A Igreja da Argélia é pobre em finanças, mas rica em um grande patrimônio espiritual”.

A reportagem é de Giorgio Bernardelli, publicada no sítio Vatican Insider, 23-04-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Com os monges Tibhirine, o crowdfunding também entra em uma causa de beatificação. Em uma das maiores plataformas online dedicada a esse tipo de iniciativa, começou uma coleta de fundos intitulada simplesmente “Causa de beatificação Tibhirine”. Quem a lançou foi o Pe. Thomas Georgeon pessoalmente, o monge trapista francês que desempenha a tarefa de postulador para a causa dos coirmãos, cujo martírio, ocorrido na Argélia em 1996, marcou profundamente o nosso tempo, tornando-se também uma história contada na grande tela por Xavier Beauvois, no filme “Homens e deuses”, premiado no Festival de Cannes em 2010.

Os monges mártires de Tibhirine

A beatificação que o Pe. Georgeon está seguindo, na realidade, não diz respeito apenas aos sete monges de Notre Dame de l’Atlas, sequestrados e depois decapitados em circunstâncias nunca esclarecidas até o fim: a Igreja da Argélia decidiu reunir em uma única causa todos os 19 mártires cristãos – religiosos e religiosas – mortos no período obscuro da história recente do país, o da onda de violência que, entre 1994 e 1996, marcou o confronto entre o Grupo Islâmico Armado e o Exército argelino, depois do cancelamento das eleições de 1991, vencidas pelos islamitas.

A causa de beatificação é intitulada, portanto, a Pierre Claverie e aos seus 18 companheiros, encabeçados pelo bispo de Oran dilacerado em 1996 por uma bomba quando voltava para a sua casa junto com o motorista muçulmano Mohammed, ele também morto junto com o bispo naquele atentado. E é uma causa de beatificação que já se encontra em Roma, a dos mártires da Argélia: a positio – o documento que reúne as biografias dos candidatos à glória dos altares com as motivações pelas quais é proposta a beatificação –, desde o ano passado, está nas mãos da Congregação para as Causas dos Santos.

Agora, portanto, inicia também o crowdfunding online com o objetivo de coletar 10 mil euros através desse instrumento. “Precisamos do seu apoio espiritual e financeiro”, escreve o Pe. Georgeon, apresentando a iniciativa. “Os fundos coletados – diz o postulador – serão exclusivamente reservados para o procedimento em curso e para a preparação da cerimônia de beatificação. A Igreja da Argélia é uma Igreja pobre financeiramente, mas rica em um grande patrimônio espiritual. Ajudando-a nesse passo, você contribuirá para a difusão da mensagem dos monges de Tibhirine e dos seus companheiros.”

Desde o ano passado – por vontade do Papa Francisco, que promulgou uma revisão especial das normas – os custos dos processos de beatificação foram reduzidos; particularmente, agora é a Santa Sé que se encarrega de grande parte das despesas da fase romana. Mesmo desse modo, porém, para uma pequena Igreja de fronteira como a da Argélia, enfrentar um processo canônico e, no caso de ser bem-sucedido, organizar um grande evento é um compromisso importante.

Daí o apelo via web às muitas pessoas que, no mundo, estão à espera da beatificação desses mártires que deram as suas vidas pelo diálogo com o Islã, para que partilhem não só os custos, mas sobretudo o caminho espiritual que acompanha essa causa. Confiando que a Igreja pode, em breve, propor até mesmo oficialmente os mártires da Argélia como um modelo precioso para este nosso tempo.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Crowdfunding para a beatificação dos monges de Tibhirine - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV