A contribuição do design para a mudança social

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • 'Por uma teologia do acolhimento e do diálogo, do discernimento e da misericórdia', segundo o papa Francisco

    LER MAIS
  • Usada por Moro e Dallagnol, tese de alteração das mensagens está cada vez mais fraca

    LER MAIS
  • “Quem disser ‘amo a Deus’, mas odeia o irmão, é mentiroso”. Entrevista com Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Fernanda Forner | 22 Setembro 2016

O que design tem a ver com transformação social? Este foi o questionamento respondido por Carlo Franzato em entrevista concedida à IHU On-Line, desta semana, nº 493 sob o título Gauchismo - A tradição inventada e as disputas pela memória. O professor defende que o design vai além dos objetos de decoração. “O design é umas das maneiras para expressar a capacidade humana de criar, de imaginar e praticar alternativas que desafiem e até subvertem o status quo. Sua especificidade está no desenvolvimento de dispositivos que possibilitem transformar o mundo em um mundo melhor”.

Para debater um pouco mais sobre este tema, o professor da Escola de Indústria Criativa da Unisinos ministrará o IHU ideias desta quinta-feira (22-09-2016). A atividade sob o título Redes de design estratégico para sustentabilidade e a inovação social será realizada na sala Sala Ignacio Ellacuría e CompanheirosIHU, das 17h30min às 19h.

Durante a entrevista, Franzato também explica que existe uma prática na associação do design com a sustentabilidade quando se trata desenvolvimento de produtos e serviços. A principal questão é minimizar o impacto ambiental da produção. “Hoje, porém, temos consciência que a minimização do nosso impacto sobre o planeta não é suficiente para alcançar a sustentabilidade. O caminho rumo à sustentabilidade requer uma mudança radical na nossa concepção de habitar o mundo”, aponta o professor. E é neste sentido que o design pode contribuir. Deixar de ver a profissão como “fazedor de coisas” e passa a ver “o design estratégico como uma tecnologia social para inovar a sociedade”.


(Foto: reprodução)

Quem é Carlo Franzato?

Designer, com doutorado em Design pelo Politecnico di Milano, universidade italiana estatal de cunho científico-tecnológico. É decano e professor dos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado em Design da Escola de Indústria Criativa, que reúne as áreas de comunicação, linguagem e design, da Universidade do Vale do Rio do Sinos – Unisinos. É líder do Grupo de Pesquisa “Rede de Estratégias em Design” e membro do “Grupo de Pesquisa em Design estratégico: inovação cultural e social”. Também é membro da rede internacional de pesquisa “Latin Network for the Development of Design Processes”. Atua na divulgação científica do design e das demais áreas de conhecimento ligadas aos processos criativos, colaborando com organizações de promoção do design e veículos de comunicação.

Serviço

IHU ideias - Redes de design estratégico para sustentabilidade e a inovação social
Conferencista: Prof. Dr. Carlo Franzato – Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
Data: 22 de setembro de 2016
Horário: Das 17h30min às 19h
Local: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros – IHU


(Foto: arte IHU)

Confira o calendário completo dos eventos aqui

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A contribuição do design para a mudança social - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV