Brancos são dois terços dos candidatos a prefeito no país

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Instrumentum Laboris do Sínodo para a Amazônia, um novo passo de “um 'kairós' para a Igreja e o mundo”

    LER MAIS
  • “Minha filha trans e católica é uma prova viva de como o Vaticano está errado em relação ao gênero”

    LER MAIS
  • Anule-se tudo que aconteceu a partir da criação da Lava Jato

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

19 Setembro 2016

Mesmo sendo mais da metade da população, dados do TSE mostram que candidatos negros são sub-representados nas eleições: 45% das cidades tem apenas concorrentes brancos.

A informação foi publicada por Fórum, 18-09-2016.

Os eleitores de 2.512 municípios brasileiros já podem ter uma certeza sobre a pessoa que os governará a partir de 2017: ela será branca. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que esse é o número de cidades em que todos os concorrentes declararam esta cor/raça em sua inscrição de candidatura, correspondente a 45% do total de 5.568 municípios.

No total, dois terços dos postulantes ao cargo se declararam brancos, bastante acima dos 48% que se identificam com essa raça na população.

As chances de eleição dos candidatos brancos também são maiores. Em média, a campanha de um candidato a prefeito branco arrecadou 65% a mais do que a de um pardo ou negro até a semana passada: R$ 33,1 mil contra R$ 20 mil. “Como há relação direta entre receita e chances de vitória, a tendência é de que a proporção de não brancos entre os eleitos seja ainda menor do que entre os candidatos”, destaca a matéria publicada neste domingo pelo Estadão.

O TSE coleta dados sobre a raça dos candidatos desde as eleições de 2014, quando 56% dos candidatos eram brancos. O fosso entre a população e a classe política é ainda maior quando se olha para os eleitos: 75% eram brancos, com percentuais ainda maiores nos cargos de deputado federal (80%) e senador (82%).

Pesquisa recente divulgada pela União de Negros pela Igualdade (Unegro) mostra um quadro ainda pior no Congresso Nacional. Dos 513 deputados federais, somente 43 se reconhecem como negros. Dos 81 senadores, apenas dois são negros ou pardos.

Leia mais...

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brancos são dois terços dos candidatos a prefeito no país - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV