Frentes populares montam acampamento contra o impeachment em Brasília

Revista ihu on-line

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Mais Lidos

  • Os Arautos do Evangelho não reconhecem o Comissário do Vaticano, dom Raymundo Damasceno Assis

    LER MAIS
  • Pacto das Catacumbas pela Casa Comum. Por uma Igreja com rosto amazônico, pobre e servidora, profética e samaritana

    LER MAIS
  • A ideologização da Sociologia (além de uma simples distração). Artigo de Carlos A. Gadea

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Agosto 2016

Uma resistência popular contra o golpe em curso no Congresso Nacional, é assim que se definem os militantes das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo no Acampamento Nacional em Defesa Democracia e dos Direitos, que inicia neste domingo (28), em Brasília (DF).

Diversos militantes de organizações das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo iniciam montagem do acampamento / Foto: Divulgação/FBP

A reportagem é publicada por Brasil de Fato, 28-08-2016.

Para acompanhar a audiência e o julgamento final do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (DF) no Senado, na segunda (29) e terça (30), as articulações – que reúnem dezenas de movimentos populares e organizações sindicais e políticas – montam suas barracas e palco ao lado do estacionamento do ginásio Nilson Nelson, na capital federal.

São aguardados diversos ônibus com milhares de manifestantes de todo o Brasil. Números oficiais da quantidade de pessoas que participarão do acampamento ainda não foram divulgados.

Concentração

Pela manhã do domingo, as primeiras delegações começaram a chegar no local. Além disso, o acampamento recebeu a Assembleia da Classe Trabalhadora do Distrito Federal, organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), que completa 33 anos na data.

Em seguida, ocorreu um show do rapper GOG. Em uma fala que abordou a exclusão social e econômica das classes populares no Brasil, o músico afirmou: “A luta de classes começa na escola, e aqui no Brasil temos uma grade horária que pouco difere uma escola de uma prisão".

Ao longo do dia está prevista a chegada de mais ônibus de diversos estados e a organização das ações para os próximos dias.

O domingo também conta com uma manifestação em Curitiba (PR), a partir das 15h, na praça Santos Andrade, sob o mote “Fora Temer. Nenhum direito a menos”.

Fase final

No dia em que Dilma falará pela primeira vez ao Senado sobre as acusações no processo de impeachment, segunda-feira (29), o acampamento das frentes populares prevê uma manifestação de apoio à presidenta em frente ao Senado, a partir das 9h.

No período da tarde, às 16h, os manifestantes sairão em marcha do acampamento e retornarão à porta do Senado para a realização de um ato político em defesa da democracia, marcado para 18h. Esse é o horário que os movimentos projetam que irá encerrar a sessão na Casa.

No mesmo dia, estão previstos protestos em diversas capitais. No Rio de Janeiro, o ato está marcado para as 17h, na Candelária, centro; em São Paulo, no mesmo horário, na praça do Ciclista, início da Avenida Paulista.

Já a programação do acampamento em Brasília para terça-feira (30), quando ocorre a votação final do processo de impeachment, é a de acompanhar a decisão e realizar “mais um ato contra o golpe, a partir das 18h (se não houver mudança no roteiro do golpe no Senado)”, divulga a Frente Brasil Popular do Distrito Federal, em nota.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frentes populares montam acampamento contra o impeachment em Brasília - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV