Presidente do México é acusado de plágio

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco nomeia novo secretário: um padre que trabalha com crianças de rua e viciados em drogas

    LER MAIS
  • O crime da Vale em Brumadinho: metáfora de um sistema minerário predatório

    LER MAIS
  • O papa aprova como vice Decano o argentino Sandri que se calou sobre os crimes do padre Maciel, estuprador de 60 crianças

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: João Flores da Cunha/IHU | 23 Agosto 2016

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, plagiou quase um terço de seu trabalho de conclusão do curso de Direito na Universidade Panamericana, apresentado em 1991. A acusação foi feita no dia 21-08-2016 por meio de uma reportagem do sítio Aristegui Noticias.

Uma pesquisa realizada por uma equipe de acadêmicos e especialistas descobriu problemas em 197 dos 682 parágrafos do trabalho – ou 29% do texto. De acordo com a investigação, Peña Nieto copiou citações de outros autores sem colocá-las entre aspas ou atribuir a fonte. Ou seja, ele reproduziu trechos alheios como se fossem seus.

O Aristegui Noticias, que encomendou a pesquisa, é coordenado por Carmen Aristegui, jornalista que revelou o escândalo da Casa Blanca – uma mansão de 7 milhões de dólares na Cidade do México que a primeira-dama, Angélica Rivera, havia adquirido de uma empresa que mantém contratos com o governo. Casos de conflito de interesses como esse contribuíram para a queda na popularidade de Peña Nieto, que está em seu pior momento desde a posse, em 2012.

O mandatário ainda não respondeu pessoalmente à acusação de plágio. Um porta-voz da presidência da República tratou o caso como “erros de estilo”. Recentemente, Peña Nieto pediu desculpas pelo escândalo da Casa Blanca.

O plágio do presidente

O trabalho de conclusão de Peña Nieto, intitulado “O presidencialismo mexicano e Álvaro Obregón”, tem trechos copiados de dez autores, de acordo com a reportagem. Entre eles, estão o historiador Enrique Krauze e Jesús Orozco Henríquez, que hoje integra a Corte Interamericana de Direitos Humanos – CIDH.

O “plágio mais escandaloso”, segundo o Aristegui Noticias, foi com Miguel de la Madrid Hurtado, presidente do México nos anos 1980, e do mesmo partido de Peña Nieto, o Partido Revolucionário Institucional – PRI. Há 20 parágrafos inteiros retirados de um livro de Hurtado no trabalho, e seu nome não é citado sequer nas referências.

No capítulo em que conta a biografia de Álvaro Obregón – um general na Revolução Mexicana que foi presidente do país entre 1920 e 1924 –, 35 dos 36 parágrafos são plagiados, segundo a investigação. Nesses trechos, Peña Nieto não utilizou aspas nem mencionou a origem das informações.

Acusações de plágio contra políticos

Peña Nieto não é o primeiro político acusado de plágio em um trabalho acadêmico. Na Alemanha, a ministra da Educação, Annette Schavan, perdeu seu título de doutora e pediu demissão do cargo, em 2013, após problemas de plágio em sua tese serem expostos.

Dois anos antes, o ministro da Defesa do mesmo país, Karl-Theodor zu Guttenberg, havia renunciado pelo mesmo motivo. No Peru, o deputado fujimorista Lucio Ávila foi acusado de ter obtido dois doutorados com um mesmo trabalho. Ele é o presidente da Comissão de Educação do parlamento peruano.

Leia mais...

Jornal revela novo escândalo de corrupção próximo ao presidente do México

Depois do massacre em Oaxaca, governo mexicano faz recuo estratégico e busca pacto na reforma educacional

México. Peña Nieto em seu labirinto

Imperfeições mexicanas. Entrevista com Jorge Castañeda

“Os partidos no México trabalham mais por seus interesses do que pela sociedade”

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Presidente do México é acusado de plágio - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV