Pokemón Go a febre do momento

Revista ihu on-line

Etty Hillesum - O colorido do amor no cinza da Shoá

Edição: 531

Leia mais

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

Mais Lidos

  • Investigações reais podem ser devastadoras para o Bolsonarismo

    LER MAIS
  • Kasper denuncia que os inimigos do Papa querem 'um novo conclave'

    LER MAIS
  • Organização criminosa invade Terras Indígenas em Rondônia

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Fernanda Forner | 22 Agosto 2016

Desde o início de agosto, palavras como Pokégyms, Pokébolas, Pokéstops passaram ser comum entre os brasileiros. O Pokémon Go foi lançado no dia 3 e desde então tem gerado diversas discussões sobre o tema. Há quem diga que o aplicativo é mais uma maneira do Google controlar nossas vidas. Já outros, defendem: “As pessoas caminham pela cidade com cenas comoventes de pais jogando com seus filhos”, comenta Wilson Roberto Vieira Ferreira.

A reportagem é de Fernanda Forner, aluna do Curso de Jornalismo da Unisinos.

Como o Pokémon Go funciona?

Pokémon GO é um game gratuito que usa a realidade aumentada, interação da tecnologia com o mundo virtual, e o GPS para dar vida aos monstrinhos da Nintendo. O objetivo do aplicativo é caçar e treinar todos os 51 pokémons existentes. O diferencial do jogo, é que para que isso aconteça os jogadores devem sair de casa e caminhar pelas ruas em busca dos Pokémons. Através do GPS, são avisados quando estão próximos a um monstrinho para capturá-lo.

(Imagem: Flickr)

O que são Pokégyms, Pokébolas, Pokéstops?

Pokéstops são as estruturas mais importantes no mapa da dimensão paralela. Nestes locais, os jogadores podem encontrar poções e pokébolas, local onde os Pokémons são guardados. Já os PokéGyms são os ginásios em que os treinadores mais experientes enfrentam uns aos outros. Cada região de uma cidade guarda tipos específicos de pokémons, basta ter sorte e estar no momento certo em que ele aparecerá.

O que é o Pokémon Go Plus?

Caso o jogador não queira andar com o celular na mão, sem parar de jogar, ele pode utilizar o Pokémon Go Plus. O aparelho, que remete a um relógio, funciona via Blutooth e avisa os jogadores, através de um sinal de luz, quando estão próximo a um Pokémon.

(Foto: Divulgação/Pokémon Company)

Leia mais...

Pokémon GO: bem vindo ao deserto do real!

Pokémon Go: este jeito de viver

Por que o Pokémon Go é amado ou odiado?

América Latina recebe Pokémon Go. Por que atrai e que perigos esconde a realidade aumentada?

'Pokémon Go' é divertimento banal que nos move, diz Pondé

Como Pokémon Go pode mudar a maneira como interagimos com o mundo

Pokémon e o sequestro do desejo

Capturados pelos Pokemóns: o fenômeno mundial é uma fuga à realidade tão antiga quanto o ser humano

Sociedade da diversão: O Pokemón Go vai transformar o mundo em uma enorme rede social

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pokemón Go a febre do momento - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV