Peixes morrem em rio do Pantanal

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • O Evangelho de Lucas, “ano C”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


31 Janeiro 2011

Técnicos do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) investigam as causas de uma grande mortandade de peixes registrada há quase uma semana no rio Negro, no Pantanal.

A reportagem é de Rodrigo Vargas e está publicada na Folha de S.Paulo, 01-02-2011.

Segundo o governo estadual, milhares de peixes de várias espécies apareceram mortos na região de Aquidauana (130 km de Campo Grande). "Vamos sobrevoar a área e coletar amostras para identificar a causa", diz Roberto Machado, gerente do Imasul. O Ibama afirma que também investigará.

O rio Negro é importante local de reprodução de peixes. "A única modalidade de pesca praticada é o pesque-solte. O rio é protegido como reserva de recursos pesqueiros", diz nota do governo.

Amostras serão coletadas por técnicos do Centro de Controle Ambiental do Imasul. A suspeita do órgão é de que a mortandade tenha relação com uma queimada na região, ocorrida 20 dias atrás.

Com as chuvas dos últimos dias, diz o instituto, as cinzas resultantes da queima podem ter sido levadas para o rio, ocasionando um fenômeno conhecido na região como "dequada".

"A grande deposição desse material orgânico acaba retirando o oxigênio da água", afirma a nota. O Ibama de Mato Grosso do Sul informou que também investigará as mortes.

Mongaguá

A Prefeitura de Mongaguá (litoral de SP) aguarda investigação do Ministério da Pesca para saber o que provocou a morte de cerca de dez toneladas de peixe no dia 24. A prefeitura, que suspeita de pesca predatória, quer que seja aumentada a área de pesca artesanal, afastando assim embarcações industriais. A fiscalização da costa é responsabilidade do governo federal.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Peixes morrem em rio do Pantanal - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV