Líder indígena Guarani Mbya é encontrado morto na Lagoa dos Patos, no RS

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Nota de apoio ao Padre Edson Adélio Tagliaferro. Mais de cem padres já assinaram

    LER MAIS
  • Bem comum e justiça social: agora mais do que nunca. Manifesto de mais 110 bispos, arcebispos e cardeais

    LER MAIS
  • Aquele vírus entre Darwin e Marx

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


10 Outubro 2013

Fonte: http://bit.ly/162ptK0

Causas da morte são desconhecidas; terra reivindicada pela comunidade passou a ser visitada por fazendeiros que pressionam para que os indígenas se mudem para a ilha.

A informação é publicada pelo Cimi, 09-10-2013.

Inácio Lopes, líder político e religioso Guarani Mbya, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (8) boiando na Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, próximo a uma ilha onde habitam algumas famílias do povo Guarani Mbya, no município de Palmares do Sul.

A referida ilha vem sendo oferecida à comunidade Guarani Mbya por fazendeiros do município de Capivari do Sul, como alternativa à terra reivindicada pela comunidade indígena. A Funai iniciou os estudos de identificação e delimitação da Terra Capivari e desde então a comunidade passou a ser visitada por representantes dos fazendeiros que pressionam para que eles se mudem para a ilha.

Inácio se destacou, ao longo dos últimos anos, por sua liderança junto à Comissão de Terra Guarani, posteriormente denominada de Conselho de Articulação do Povo Guarani-CAPG. Colaborou decisivamente para a rearticulação das comunidades acampadas à beira de estradas e afetadas pelas duplicações das rodovias. Inácio também foi cacique da Terra Passo Grande, área que está em estudo de identificação e delimitação pela Funai.

[...] Os Guarani Mbyá sentem a perda dessa importante liderança política e religiosa, que há muito vinha lutando em defesa dos direitos de sua comunidade, e colaborando para restabelecer as condições de vida digna para todos.

Que sentimentos esta notícia provocou em você?

O texto bíblico a seguir pode lhe iluminar.

Leia-o e deixe que ele ecoe em você.

Eu clamo a ti, porque me respondes, ó Deus!
Inclina-me teu ouvido, ouve a minha palavra,

manifesta a maravilha do teu amor,
tu que dos agressores salvas a quem se refugia à tua direita.

Guarda-me como a pupila dos olhos,
esconde-me à sombra de tuas asas,

longe dos injustos que me oprimem,
dos inimigos mortais que me cercam.

Parecem leão ávido de presa,
um filhote de leão agachado no covil.

Levanta-te, Javé! Enfrenta-os! Derruba-os!
Que tua espada me liberte do injusto.
(Sl 17, 6-9.12-13)

Com confiança faça uma oração com o que sentiu.

Se quiser, pode escrever sua prece e enviá-la, para que outros possam rezar junto pelo site.

Mande sua mensagem pelo formulário abaixo:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Líder indígena Guarani Mbya é encontrado morto na Lagoa dos Patos, no RS - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV