Agricultor cuida de mais de 500 animais abandonados em Fukushima

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • Só um radical ecossocialismo democrático pode mudar o horizonte

    LER MAIS
  • Seu bispo necessita dos seus conselhos: o que dirá a ele?

    LER MAIS
  • Dinâmica religiosa nos Estados Unidos. Artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: Cesar Sanson | 05 Outubro 2013

Keigo Sakamoto cuidava de deficientes mentais antes do tsunami em 2011. Após acidente na usina ele recolheu centenas de animais na área afetada.

A reportagem é da agência Reuters e reproduzida pelo sítio Globo Natureza, 04-10-2013.

Keigo Sakamoto segura um dos cães abandonados que ele cuida (Foto: Damir Sagolj/Reuters)

Depois do tsunami em 2011 que danificou a usina nuclear em Fukushima, o governo japonês estabeleceu uma zona compulsória de evacuação de 20 quilômetros. O agricultor Keigo Sakamoto se recusou a deixar o local e além disso resolveu se aventurar em cidades e aldeias vazias recolhendo cães, gatos, coelhos, galinhas e outros animais abandonado por antigos moradores da área.

Sakamoto vive com mais de 500 animais em seu rancho em uma montanha perto de Naraha. "Não há vizinhos", diz o agricultor. "Eu sou o único aqui, mas eu estou aqui para ficar." Dos seus 21 cães, apenas dois são amigáveis, os outros ficam presos por se tornarem bravos pelo tempo que passaram abandonados e sem comida.

Sakamoto em sua propriedade onde cuida de 500 animais (Foto: Damir Sagolj/Reuters)

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Agricultor cuida de mais de 500 animais abandonados em Fukushima - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV