Argentina. 30% dos jovens estão em situação de pobreza

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Pedro, alguém que nos fez acreditar na grandeza de sermos Rede

    LER MAIS
  • As mulheres e o futuro da Igreja. Artigo de Joseph Moingt

    LER MAIS
  • Dano colateral: “o pior dos monstros” está se propagando e não é o coronavírus

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 23 Setembro 2013

Diante da discussão da redução da maioridade penal, é necessário contemplar a situação real de milhões de jovens que não estudam nem trabalham na Argentina, e propor soluções efetivas.

A reportagem está publicada no sítio Rebelión, 18-09-2013. A tradução é de André Langer.

De acordo com os resultados elaborados pelo Instituto de Pesquisa Social, Econômica e Política Cidadã (ISEPCi), sobre dados do Índice de Preços por Bairros e a Pesquisa Permanente de Domicílios do INDEC para a Região Metropolitana de Buenos Aires e cinco cidades do interior do país, as porcentagens de Pobres e Indigentes no primeiro semestre do presente ano chegaram a 30% e 7,91%, respectivamente, na população de crianças e jovens de 0 a 17 anos.

    Pobreza Indigência
  Total 0 a 17 anos Habitantes % Habitantes %
Conurbano 2.845.315 867.227 30 231.026 8
Chaco 127.618 72.761 57,7 14.872 11,7
Salta 185.714 74.192 39,9 17.572 9,5
Tucumán 257.228 92.791 36,1 13.769 5,4
Mar del Plata 156.098 44.402 28,4 12.243 7,8
Mendoza 271.456 87.601 32,3 14.794 5,4
TOTAL 3.843.429 1.238.974 32 304.276 7.91

Esta situação se reflete nas províncias relevadas de maneira similar, destacando-se porcentagens preocupantes em particular na província de Chaco, onde mais de 57% dos jovens encontram-se em situação de pobreza. No resto das províncias analisadas, a pobreza chega, pelo menos, a 30% dos jovens ali residentes.

Para o diretor o ISEPCi, Isaac Rudnik, esta situação “deveria ser contemplada pelos funcionários governamentais, no momento em que surgem novamente as propostas eleitoreiras como a redução da maioridade penal por parte dos candidatos da situação”.

Segundo Rudnik, a situação atual da juventude em nosso país “deveria contemplar as soluções reais para milhões de jovens que se encontram em situação de pobreza, excluídos e estigmatizados, sem possibilidades de encontrar trabalho digno e poder cumprir com suas obrigações escolares”.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Argentina. 30% dos jovens estão em situação de pobreza - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV