A encíclica de Lampedusa

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • O Vaticano levanta definitivamente o veto a Gustavo Gutiérrez

    LER MAIS
  • Cardeal Müller: documento vaticano sobre a Amazônia contém heresia e estupidez. “Não tem nada a ver com o cristianismo”

    LER MAIS
  • A história dos 13 agricultores presos por Moro e depois absolvidos

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

09 Julho 2013

A viagem a Lampedusa é a primeira encíclica, não escrita, toda ela de papa Francisco. O ministério petrino se despe das suas vestes monárquicas (confira o evangelho da missa de ontem: não leveis nem bolsa, nem sacola, nem sandálias) para se tornar encontro com a pessoa humana.

O comentário é de Christian Albini, cientista político e teólogo italiano, leigo, no seu blog Sperare per tutti, 08-07-2013. A tradução é da IHU On-Line.

O impacto midiático desta viagem pôs, durante um dia, no centro aquilo que é uma periferia da sociedade, da economia e da existência. É o programa de Bergoglio em ato.

Igualmente a notícia da canonização de João XXIII e João Paulo II girou o mundo, com uma ressonância muito maior do que a Lumen fidei. É o sinal de uma unanimidade que não é insensível à mensagem de fé, mas escuta mais a linguagem do encontro com as pessoas e com a santidade do que aquilo que é prevalentemente doutrinal.

Veja também:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A encíclica de Lampedusa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV