Sudão do Sul. Milhares de crianças em perigo devido a um surto de cólera

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Bolsonaro institui o Dia do Rodeio na Festa de São Francisco de Assis

    LER MAIS
  • “O transumanismo acredita que o ser humano está em um suporte equivocado”, afirma filósofo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: André | 31 Julho 2014

O Sudão do Sul está atravessando uma das piores crises humanitárias do continente. A situação vê-se agravada pela rápida propagação do cólera que ameaça milhares de crianças. Trata-se do último surto de uma doença que já afetou mais de 2.600 pessoas e custou a vida de mais de 60 do total dos primeiros casos registrados em 15 de maio, em Juba.

A informação é publicada pela Agência Fides, 30-07-2014. A tradução é de André Langer.

O cólera causa vômitos e diarreia em crianças e adultos. Por esta razão, a desidratação severa e sem o cuidado adequado pode levar à morte imediatamente. Infelizmente, está se espalhando por muitas zonas do país e já foram encontrados focos em nove dos dez Estados. Os mais vulneráveis são as crianças, por sua idade e seu desenvolvimento físico.

Além disso, são ainda mais vulneráveis devido aos sete meses de violência que obrigou 1,5 milhão de pessoas a abandonar suas casas e deixar o país mais jovem do mundo à beira de uma fome.

Segundo o diretor da Save the Children no Sudão do Sul, a propagação da doença é preocupante, já que se soma à crise alimentar em um momento em que centenas de milhares de pessoas vivem em acampamentos superlotados em condições sanitárias totalmente inadequadas.

Além disso, com a previsão das chuvas nas próximas semanas e meses, a situação poderá se agravar mais ainda. A água parada constitui um terreno perfeito para a propagação do cólera e as estradas convertem-se em barro, o que dificulta o acesso aos medicamentos e à ajuda daqueles que deles necessitam desesperadamente.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sudão do Sul. Milhares de crianças em perigo devido a um surto de cólera - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV