Inteligência britânica espionou webcams de milhões usuários do Yahoo!

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Estudantes, trabalhadores e sonhadores. Quem eram os jovens que morreram após ação da PM em baile funk

    LER MAIS
  • Não posso me calar

    LER MAIS
  • O fim do indivíduo. Viagem de um filósofo à terra da inteligência artificial

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Jonas | 28 Fevereiro 2014

A GCHQ (agência de espionagem britânica), com ajuda da NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA), interceptou e armazenou imagens de webcams de mais de 1,8 milhões de usuários do Yahoo!. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (27/02) pelo jornal The Guardian, que teve acesso a documentos confidenciais revelados pelo ex-analista da NSA Edward Snowden (foto).

 
Fonte: http://goo.gl/2NWOBv  

A reportagem é publicada por Opera Mundi, 27-02-2014.

Entre 2008 e 2012, a GCHQ coletou imagens por meio de um programa chamado “Nervo Ótico”, que as extraía das webcams de computadores de usuários que tinham conta nos chats do Yahoo!. Essas imagens – muitas vezes com conotação sexual - eram armazenadas em bancos de dados que serviam também para alimentar sistemas de busca da NSA.

Utilizado em experimentos de reconhecimento facial, o “Nervo Ótico” monitorava alvos da agência britânica e funcionava como ferramenta para revelar potenciais suspeitos. As buscas realizadas com o sistema podiam ser feitas para identificar terroristas ou criminosos que estivessem usando diversas identidades para ocultar seus verdadeiros nomes. No entanto, muitos desses conteúdos não correspondiam necessariamente aos alvos de agências, incluindo, também, imagens de pessoas inocentes.

Quando o Guardian entrou em contato com o Yahoo!, o segundo maior servidor de e-mail do mundo reagiu com indignação e condenou o “Nervo Óptico”. Segundo o veículo, o gigante da internet negou envolvimento com a coleta de imagens da GCHQ e qualquer conhecimento prévio sobre o sistema. "Não estamos cientes nem aceitamos a atividade reportada", declarou uma porta-voz do Yahoo!. "Esse relatório representa um nível totalmente inédito de violação da privacidade de nossos usuários, completamente inaceitável”, acrescentou.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Inteligência britânica espionou webcams de milhões usuários do Yahoo! - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV