Faceglória une igrejas evangélicas que disputam fiéis e horário na TV

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Direita cristã é o novo ator e líder do neoconservadorismo no País

    LER MAIS
  • Vozes que nos desafiam. Celebração da Festa de Santa Maria Madalena

    LER MAIS
  • Há fome no Brasil: 3 dados alarmantes que Bolsonaro deveria conhecer

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Junho 2015

Se no mundo real a Igreja Mundial e a Igreja Universal disputam fiéis e horários em canais de TV palmo a palmo, na Internet uma rede social fez com que dois de seus maiores líderes, Apóstolo Valdemiro e o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), respectivamente, se unem na pregação virtual. Os dois gravaram vídeos de apoio ao Faceglória, a autodenominada “rede social cristã”.

A reportagem é de Gil Alessi, publicada no jornal El País, 11-06-2015.

Valdemiro foi expulso da Universal em 1998 após quase 20 anos na organização, por divergências com lideranças como o bispo Edir Macedo, e criou a Igreja Mundial. As disputas entre as duas denominações evangélicas se estendeu para a cessão de horários na rede Bandeirantes e no canal 21: em 2013 a Universal conseguiu 'derrubar' a Mundial e assumir seu lugar como parceira das emissoras.

Vídeos aos quais o EL PAÍS teve acesso mostram Crivella segurando um panfleto da rede e elogiando a iniciativa. Já Valdemiro dá um recado ao público alvo da rede: “Alô juventude do Brasil, aqui é um convite do apóstolo Valdemiro Santiago, seu amigo, seu pastor, convidando a todos para entrar no Faceglória.com”.

Até então, as garotas-propaganda da rede eram as cantoras gospel Aline Barros e Bruna Karla. A primeira conta com mais de 14 milhões de seguidores no Facebook, enquanto a segunda tem 11 milhões de fãs na rede.

De acordo com responsáveis pela plataforma, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, responsável por vídeos polêmicos onde critica propagandas que exibem casais gays, “foi o que mais adorou o Faceglória”, e deve anunciar seu apoio em breve. Estevan Hernandes, da Renascer em Cristo, e pastor Fábio, da Quadrangular, também vão apoiar a iniciativa, segundo nomes da empresa.

O deputado Marco Feliciano foi uma das primeiras lideranças evangélicas a criar uma conta na rede - ele ainda não postou nada. Além do Marco Feliciano Oficial, outros dois perfis com o nome do parlamentar já foram criados.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Faceglória une igrejas evangélicas que disputam fiéis e horário na TV - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV