Teresa Forcades deixará o convento para concorrer nas eleições na Catalunha

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • In memoriam do teólogo que apostou no “ministro da comunidade” para superar o clericalismo

    LER MAIS
  • Uma Igreja pobre? Dinheiro, sectarismo e tradição católica. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Abuso de autoridade na igreja. Problemas e desafios da vida religiosa feminina

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Por: André | 10 Junho 2015

A irmã Teresa Forcades (foto) se exclaustrará, isto é, deixará o convento das beneditinas de Montserrat, com a permissão do Vaticano e do bispo de Sant Feliu de Llobregat, Agustí Cortés, na próxima segunda-feira, dia 15 de junho, para concorrer às eleições autonômicas de 27 de setembro próximo.

 
Fonte: http://bit.ly/1GbIKg1  

A reportagem é publicada por Religión Digital, 09-06-2015. A tradução é de André Langer.

De acordo com fontes próximas à irmã, o movimento Procés Constituent, que ela mesma criou junto com o economista Arcadi Oliveres, realizará no próximo domingo, dia 14, uma assembleia na qual se decidirá se Forcades irá encabeçar uma lista própria ou se vai se aliar ao CUP (Candidaturas de Unidade Popular), que são as duas propostas mais votadas pelos simpatizantes deste movimento. Em todo caso, fontes próximas à freira garantem que esta última não é sua opção.

As mesmas fontes explicaram à Efe que a “exclaustração”, autorizada pelo Vaticano e pelo bispo, significa que Forcades não deixará a vida religiosa, o que teria acontecido caso tivesse recebido uma dispensa, e que poderá retornar ao convento quando expirar o prazo de um ano prorrogável até três.

A ideia de Forcades é apresentar-se nas eleições autonômicas de 27 de setembro e, como a legislatura anunciada pelo presidente da Generalitat da Catalunha, Artur Mas, seria apenas de 18 meses, voltar ao convento de Sant Benet de Monserrat num prazo de dois anos.

Teresa Forcades não deixará de ser freira, manterá todas as prerrogativas e poderá voltar ao convento quando quiser e sair com a mesma permissão como se fosse para cuidar de um familiar doente”, explicaram as mesmas fontes, que asseguraram que a beneditina viajou recentemente a Roma para obter o placet do Vaticano e que também recebeu a licença do bispo Cortés.

Antes de oficializar a sua exclaustração, a freira participará, no domingo, de uma assembleia do movimento Procés Constituent, na qual está prevista a participação, como convidados, líderes de outros partidos políticos, na qual decidirão de que forma vão concorrer nas próximas eleições autonômicas.

Os participantes terão que escolher entre concorrer com uma candidatura própria, encabeça por Forcades, “de amplo espectro social”, ou fazer uma aliança com o CUP.

A assembleia do Procés Constituent será o dia todo no Colégio Escolápios de Terrassa (Barcelona) e parece provável que vença a opção de sair com candidatura própria, dado o apoio que Forcades está tendo nos atos públicos que realiza, segundo as fontes.

“Suas falas [de Forcades] têm muito sucesso e há muita gente que lhe pede para que saia como candidata”, assinalou uma colaboradora sua, que recordou que há mais de 47.500 pessoas que aderiram ao movimento Procés Constituent.

A saída do convento da irmã coincidirá com sua próxima viagem a Gaza em um comboio humanitário que levará material médico a este território palestino.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Teresa Forcades deixará o convento para concorrer nas eleições na Catalunha - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV