''Renovando a face da Terra'': Quinta-feira Santa

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Por favor, taxem-nos”, clama a elite do avanço

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


02 Abril 2015

Em preparação para a Páscoa, os jesuítas da rede Ignatian Solidarity Network (ISN) estão oferecendo uma série de reflexões quaresmais em torno do tema Renewing the face of the Earth (Renovando a face da Terra).

Veja abaixo, na seção "Para ler mais", as outras partes dessa série.

Autores de todo o mundo oferecem breves reflexões a partir de suas experiências de cuidado da criação e das leituras do dia. Essas reflexões diárias examinam a nossa fé e o modo como praticamos o cuidado ambiental.

A Ignatian Solidarity Network (ISN) é uma rede de justiça social que reúne universidades, colégios, paróquias, junto com diversas outras instituições católicas e parceiros seculares. Fundada em 2004, a rede se inspira na espiritualidade de Santo Inácio de Loyola.

A reflexão de hoje foi escrita por Kaya Oakes, professora da University of California Berkeley. É colunista das revistas America, Commonweal e National Catholic Reporter, e editora do sítio Killing the Buddha. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis o texto.

"Vocês devem comer às pressas", diz Deus a Moisés e Aarão (Êxodo 12, 1-8.11-14).

Imagine isto: são 6h da manhã, em uma sala repleta de beliches e cadeiras de plástico velhas. Mulheres e crianças estão fazendo fila para ir comer. Este abrigo espera que elas partam dentro das próximas duas horas e não vai abrir novamente até de tarde. Elas devem tomar um ônibus para atravessar a cidade até outro abrigo para encontrar proteção contra o clima, que, de repente, voltou a ficar frio e úmido.

Imagine isto: há dezenas delas. Uma centena. Milhares. Cem mil. Milhões, até. Elas comem como aqueles às pressas para fugir das monções, dos tufões, das secas, da neve implacável.

Pessoas pobres em fuga comem com movimentos furtivos, enrolando os seus braços em volta dos seus pratos de forma protetora. No entanto, elas podem não ser capazes de escapar daquilo que aconteceu com o clima.

Nesta noite, lembramos a decisão surpreendente de Jesus de se ajoelhar diante daqueles que o seguiram e transfigurar-se não em algo brilhante ou glorioso, mas em uma mulher, um servo, uma pessoa pobre, um escravo (João 13, 1-15).

"Vocês devem lavar os pés uns dos outros", Ele nos diz. Os pés que estão tentando escapar dos danos que fizemos a este planeta, à Criação de Deus e uns dos outros estão imundos, assim como os nossos.

Façamo-los parar de correr, mesmo que apenas por alguns momentos. Deixemo-los limpos. Encontremos uma forma de estar limpos, mais uma vez, juntos.

Questões para reflexão:

  • É possível escapar das coisas que estão prejudicando a Terra? Como podemos parar de correr e voltarmo-nos a elas para enfrentá-las?
  • Como podemos nos tornar servos do meio ambiente, em vez de nos vermos como seus conquistadores?

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

''Renovando a face da Terra'': Quinta-feira Santa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV