''Renovando a face da Terra'': a Criação, os pobres e os sem voz

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Conjuntura: Alguns pontos para reflexão. O desafio será combiná-los e extrair consequências. Apontamentos de Luis Eduardo Soares

    LER MAIS
  • É hora de enterrar a Igreja centrada no clero

    LER MAIS
  • Democracia e Direitos Humanos. Nota Pública da Comissão Brasileira Justiça e Paz

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

31 Março 2015

Em preparação para a Páscoa, os jesuítas da rede Ignatian Solidarity Network (ISN) estão oferecendo uma série de reflexões quaresmais em torno do tema Renewing the face of the Earth (Renovando a face da Terra).

Veja abaixo, na seção "Para ler mais", as outras partes dessa série.

Autores de todo o mundo oferecem breves reflexões a partir de suas experiências de cuidado da criação e das leituras do dia. Essas reflexões diárias examinam a nossa fé e o modo como praticamos o cuidado ambiental.

A Ignatian Solidarity Network (ISN) é uma rede de justiça social que reúne universidades, colégios, paróquias, junto com diversas outras instituições católicas e parceiros seculares. Fundada em 2004, a rede se inspira na espiritualidade de Santo Inácio de Loyola.

A reflexão de hoje foi escrita por John Shea, SJ, professor de biologia da Creighton University, de Omaha, Nebraska, nos Estados Unidos. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis o texto.

No Evangelho dessa segunda-feira (João 12, 1-11), Judas se queixa de que o óleo perfumado que Maria desperdiça ungindo os pés de Jesus poderia ter sido vendido, e os recursos obtidos poderiam ter sido dados aos pobres.

A sua objeção identifica uma falsa dicotomia – o aparente conflito entre amar a Deus e amar aos outros. Maria mostra o seu amor derramando um óleo muito caro sobre aquele que irá derramar a sua vida por nós. Jesus responde aceitando a sua demonstração de amor enquanto nos lembra da nossa obrigação para com os pobres.

Nós sabemos que os desastres ambientais impactam de modo desproporcional os mais vulneráveis. Pensemos no impacto do furacão Irene sobre os pobres das cidades costeiras do Atlântico. Pensemos no impacto da subida do nível do mar sobre as pequenas nações insulares. Ao nos importarmos com a Criação de Deus, nós nos importamos com os pobres.

Assim como Deus derramou a Si mesmo sobre a Criação, somos chamados a derramar a nós mesmos no cuidado por essa Criação. Ao fazer isso, cuidamos dos pobres e dos sem voz.

Questões para reflexão:

  • Onde você vê conexões entre cuidar dos pobres e cuidar do meio ambiente na sua própria comunidade?
  • Os membros não humanos da criação de Deus fazem parte dos pobres e dos sem voz?

Foto: Clay Larson/Flickr

Leia mais:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

''Renovando a face da Terra'': a Criação, os pobres e os sem voz - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV