''Renovando a face da terra'': a vinda do Senhor

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • O declínio da Teologia da Libertação: uma releitura de 'O novo rosto do clero' de Agenor Brighenti

    LER MAIS
  • Biden e o Papa – a lista negra da Igreja nos Estados Unidos e o futuro do catolicismo. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Liturgia e sinodalidade. Questões-chave

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


18 Março 2015

Em preparação para a Páscoa, os jesuítas da rede Ignatian Solidarity Network (ISN) estão oferecendo uma série de reflexões quaresmais em torno do tema Renewing the face of the Earth (Renovando a face da Terra).

Veja abaixo, na sessão "Para ler mais", as outras partes dessa série.

Autores de todo o mundo oferecem breves reflexões a partir de suas experiências de cuidado da criação e das leituras do dia. Essas reflexões diárias examinam a nossa fé e o modo como praticamos o cuidado ambiental.

A Ignatian Solidarity Network (ISN) é uma rede de justiça social que reúne universidades, colégios, paróquias, junto com diversas outras instituições católicas e parceiros seculares. Fundada em 2004, a rede se inspira na espiritualidade de Santo Inácio de Loyola.

A reflexão de hoje foi escrita por John O'Keefe, professor de cristianismo antigo e teologia ecológica da Creighton University, nos EUA. Como cineasta, é produtor do projeto universitário Backpack Journalism, que usa a produção de documentários para educar os alunos de graduação sobre os desafios enfrentados pelas pessoas no mundo em desenvolvimento e em sociedades marginalizadas.

A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis o texto.

A esperança cristã sempre manteve em tensão as realidades gêmeas do "já" e do "ainda não" – o Senhor veio, e o Senhor está chegando.

Ambas são reais. A visão de Ezequiel (47, 1-9.12) é escatológica. Por um lado, as águas do leste já estão fluindo e produzindo abundância, mas o novo paraíso prometido que sobe do leste ainda não é. Mesmo assim, Ezequiel encontra esperança e consolo nessa visão de uma nova criação que lhe é oferecida pelo anjo.

Acordar diante da atual crise ambiental é um pouco como obter "um coração puro", com o qual possamos realmente ver os desafios ambientais que se desdobram no mundo ao nosso redor. Nós somos como o homem doente da história do evangelho de João (5, 1-16) e fomos curados da nossa indiferença anterior.

Na minha meditação hoje, encontro-me convidado, com Ezequiel, a evitar qualquer tentação de desespero e de permanecer na esperança de que Deus não vai abandonar o projeto da Criação.

Questões para reflexão:

  • Como você administra a tensão entre o "já" e o "ainda não" na sua vida de oração?
  • O que significa viver na visão da nova Criação prometida?

Leia mais:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

''Renovando a face da terra'': a vinda do Senhor - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV